vertical

Conquista

Vertigem Série “Cores negras”(150x50cm)Óleo sobre tela (…) o movimento parece-nos mais fácil de viver. Ele preenche o tempo, mantém-nos ocupados nos seus círculos de vertigem, enquanto o repouso tantas vezes começa com a sensação de um esvaziamento. Por isso fugimos do repouso verdadeiro, onde o encontro connosco próprios é inexcusável.”  (…) José Tolentino Mendonça in …

Conquista Read More »

Devolver a si

Devolver a si Série “Cores negras”(100x120cm)Óleo sobre tela (…) Não temos tempo a perder. E, contudo, precisaríamos talvez de dizer a nós próprios e uns aos outros que esperar não é necessariamente uma perda de tempo. Muitas vezes é o contrário. (…) José Tolentino Mendonça in “Uma beleza que nos pertence”.

Intuição

Carisma Série “Cores negras”(70x50cm)Técnica Mista (…) este mundo que nos habituamos a identificar  como uma estridente caixa sonora que nunca dorme, é atravessado por um fio de silêncios à espera de serem escutados. Há uma malha delicadíssima que segura silêncios milenares e recentes, silêncios indefinidos nas profundezas e silêncios cuja morfologia se deteta na pele, …

Intuição Read More »

Enigma

Enigma 2021(70x50cm)Técnica Mista O encontro com a beleza é  tão decisivo que há um antes e um depois, é uma estação nova que começa para a nossa vida. José Tolentino Mendonça, in “Uma beleza que nos pertence”

Dança

(150x100cm)Técnica Mista sobre tela2020 Pina Bauch explicava a dança de uma maneira que não é diferente da que podemos dizer da vida espiritual:  « Algumas coisas conseguimos dizer com palavras. Existem outras, porém, que nos deixam sem palavras, completamente perdidos e desorientados e não sabemos mais o que fazer. Neste ponto começa a dança. »

v

Violoncelista

Violoncelista Série “Escutar”(100x80cm)Óleo sobre tela (…) este mundo que nos habituamos a identificar  como uma estridente caixa sonora que nunca dorme, é atravessado por um fio de silêncios à espera de serem escutados. Há uma malha delicadíssima que segura silêncios milenares e recentes, silêncios indefinidos nas profundezas e silêncios cuja morfologia se deteta na pele, …

Violoncelista Read More »

O Baloiço

O Baloiço (100x80cm)Óleo sobre tela (…) temos de desejar os nossos canteiros bem ordenados e floridos, e que neles mature aquilo que controlamos. Mas não podemos deixar de desejar, e de desejar ardentemente, que flores selvagens, flores cujos nomes não conhecemos, venham também florir à nossa porta. (…) José Tolentino Mendonça in “O Pequeno Caminho …

O Baloiço Read More »

Solitária

Silêncio (120x80cm)Óleo sobre tela2007 And again in Silence and The cellist, the moment of reflection, of meditation, cannot help but tune in and be accompanied by music, by the harmonic movement of the body when it dances or when it makes the strings of a musical instrument vibrate as if the deepening phase needed that emotional concentration, …

Solitária Read More »

Ao utilizar e interagir com o website, declara a aprovação da nossa política de privacidade.